FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Prefeitura anuncia pacote de ações para a Saúde

A Saúde araquariense vai receber um investimento extra para a implantação de uma série de ações com o objetivo de melhorar os serviços da saúde pública do município, entre elas, a contratação de novos médicos e especialistas até o fim de abril. O pacote foi anunciado na manhã da última terça-feira, 14 de março, pelo prefeito Clenilton Carlos Pereira e a secretária da Saúde, Tânia Eberhardt, durante reunião com os secretários.

Segundo o prefeito, o pacote de ações reconhece a área da saúde como um setor complexo de qualquer administração, com desafios contínuos. De acordo com a ele, Araquari terá, nos próximos meses, outras grandes ações que irão impactar não só o município, mas toda região. “Somados a esses investimentos, teremos mais 40 milhões para terminar as obras do hospital municipal”, conta.

Segundo a titular da Saúde, estão sendo convocados 15 novos profissionais, entre médicos e especialistas, para suprimir as demandas existentes nas UBS do município. “Com esses novos médicos, conseguiremos ter uma escala perene e fazer um atendimento ampliado”, disse. Tânia também pontuou o impacto positivo dessas ações. “Em pouco tempo, esperamos que essas estratégias garantam uma maior qualificação, rapidez e eficiência dos serviços prestados à população”, completa.

Mas as medidas não são de validade imediata. Elas estão previstas para serem implantadas ao longo do ano e englobam a reorganização de algumas áreas de saúde.

O que prevê o pacote:

▫ Processo seletivo para contratação de sete médicos para atuarem na Estratégia Saúde da Família (EFS) e nas Unidades Básicas de Saúde – UBSs, distribuídos da seguinte forma: dois médicos para a UBS Maria de Fátima Silvano – Centro; um para a UBS Geny Westrupp – Itinga; dois para a UBS Egon – Itinga; um para a UBS Joaquim Monteiro Cabral – Porto Grande; e um para a UBS João Antônio Ignácio – Rainha. Além dos médicos, ainda está previsto a contratação de pediatra, ginecologista, psiquiatra e dermatologista para atender as unidades;

▫ Contratação de dois médicos para atender o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS; no caso, um clínico geral e um psiquiatra, ambos com carga horária de 20 horas semanais;

▫ Implantação de novas salas e ampliação da equipe do Centro de Especialidade Médicas (CEM) com a contratação de seis especialistas: dois ginecologistas, um pediatra, um psiquiatra, um dermatologista e um clínico geral;

▫ Criação de um ambulatório clínico multiprofissional infantojuvenil para pacientes especiais no bairro Itinga. A previsão é de que os serviços sejam oferecidos nas antigas estruturas da UBS Geny Westrupp. No local serão oferecidos serviços médicos e odontológicos exclusivos para pacientes com deficiência intelectual;

▫ Criação do Transporte Sanitário Eletivo para deslocamento programado de pessoas para realizar procedimentos de caráter não urgente e emergencial;

▫ Criação da Central de Renovação de Receitas (CRR). Com esse novo serviço, os pacientes não precisarão mais buscar atendimento médico para solicitar uma nova receita. No CRR, ele será informado da disponibilidade do documento antes dele vencer;

▫ Ampliação dos serviços de fisioterapia e inclusão do fisioterapeuta domiciliar. Além disso, serão criados mais de 500 novos procedimentos para atender a demanda no bairro Itinga;

▫ Abertura de novo processo licitatório para ampliar a capacidade de atendimento da UPA 24h Aci Ferreira de Oliveira.

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.