FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Turma do Fritz vence o 2º Prêmio Joinville Faz Bem na categoria Educação

Com trabalho lúdico e bilíngue voltado à formação inclusiva e conscientização ambiental, produtora de experiências educacionais conquistou 80% dos votos

A Turma do Fritz – produtora de experiências educacionais inclusivas – é a vencedora do 2º Prêmio Joinville Faz Bem, na categoria Educação. Indicado por um comitê técnico na primeira fase de seleção, o projeto criado em 2018 concorreu ao título com outras duas iniciativas joinvilenses e garantiu o primeiro lugar com 80% dos votos populares.

O Prêmio Joinville Faz Bem tem sete categorias: Educação, Meio Ambiente, Cultura, Inovação, Esporte, Projeto Social e Joinvilense do Ano. O anúncio dos vencedores ocorreu no dia 28 de abril, em uma cerimônia de premiação realizada em Joinville.

Com uma série de atividades educativas, lúdicas e inclusivas, a Turma do Fritz se alia a pais e educadores com o objetivo de auxiliar no processo de aprendizagem das crianças. Todas as atividades, materiais didáticos, jogos, vídeos e eventos são bilíngue, em português e libras.

A diretora executiva da Turma do Fritz, Daniela de Sousa, comemora a conquista e se orgulha de ter o trabalho reconhecido pelo público. “Queremos agradecer a todos que participaram da votação. Isso mostra que estamos no caminho certo e que todo o esforço está valendo a pena.”

No Brasil, cerca de 10 milhões de pessoas têm alguma deficiência e cerca de 360 mil são surdos. Em Joinville, são mais de 20 mil surdos. Para tornar a educação mais igualitária e reduzir as desigualdades, a Turma do Fritz não poupa esforços. “Nosso projeto de impacto social aposta na inclusão como forma de melhorar o mundo e tornar a sociedade mais inclusiva, divertida e humana para todas as crianças”, afirma a diretora.

Segundo Daniela, o time dedicado ao projeto inclui mentores, pesquisadores, pedagogas, locutores, redatores, animadores, ilustradores, roteiristas, produtores, jornalistas e diretores musicais, surdos e ouvintes.

Inspiração e compromisso 

As atividades da Turma do Fritz são amplas. Além de oficinas e contraturno escolar, a produtora oferece formação para professores, cursos e materiais didáticos, como livros e cartilhas. Eventos musicais, contação de histórias, festas infantis, pocket shows e apresentações em feiras e shoppings fazem parte das atividades.

Outras frentes de trabalho são a produção de materiais audiovisuais, como podcasts, vídeos e aplicativos, e o desenvolvimento de uma linha de produtos licenciados, incluindo jogos, brinquedos e material escolar. Tudo isso com a participação de personagens inspirados na fauna e na flora do rio Cachoeira e da Baía da Babitonga.

“O Jacaré Fritz e sua turma ensinam crianças surdas e ouvintes a cuidar da natureza, ter hábitos de vida saudáveis e a respeitar as diferenças”, conta Daniela, lembrando que a inspiração e a dedicação do grupo vêm do compromisso com a educação de qualidade, igualdade de gênero e fim das desigualdades.

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.