FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Termina hoje, (16) prazo para pagamento de seleção do IBGE

Termina nesta quarta-feira (16) o pagamento para os dois processos seletivos do IBGE que estão contratando
recenseadores e agentes censitários para atuar no Censo Demográfico 2022.
O Censo está confirmado e terá sua coleta realizada a partir do dia 1o de agosto.
A inscrição para as seleções se encerraram em janeiro, mas o pagamento dos já inscritos ainda pode ser feito.
A taxa da seleção para recenseador é de R$ 57,50, e para agentes censitários, R$ 60,50.
É possível fazer as duas provas. Ambas serão realizadas no dia 10 de abril, mas a de recenseador será
aplicada na parte da manhã, e para os agentes censitários, na parte da tarde.
Há dois tipos de cargo para agentes censitários, Agente Censitário Municipal (ACM) e Supervisor (ACS).
Eles serão preenchidos a partir da mesma prova, sendo as vagas para ACM, que têm o salário um pouco mais
alto, oferecidas aos melhores classificados.

Os dois processos seletivos estão a cargo da FGV e podem ser acessados nos links abaixo:
https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21/10 (recenseador).
https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21/09 (agentes censitários).
O recenseador ganha por produtividade, sem valor fixo, de acordo com o número de horas trabalhadas. O
total recebido também varia de acordo com o município.
Uma estimativa de ganho pode ser feita neste simulador.
Em Florianópolis, por exemplo, 40 horas de trabalho semanais geram um ganho de R$ 2.308 a cada 4
semanas. Um total de 50 horas semanais pode aproximar o ganho de R$ 3 mil.
O recenseador também tem direito a 13o salário e férias proporcionais. Com esses dois benefícios e uma
carga horária de 50 horas, o valor médio mensal tende a ultrapassar R$ 3 mil.
No caso do ACM, o salário é de R$ 2.100 mais benefícios, e do ACS, R$ 1.700 mais benefícios.
Os benefícios incluem auxílio-alimentação de R$ 458, auxílio-transporte, 13o salário e férias proporcionais.
Quem tem filho de até 6 anos de idade recebe ainda auxílio creche.
Os trabalhos são temporários, podendo durar até três meses para os Recenseadores e até cinco para os
agentes censitários. No caso dos ACM e ACS a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.; no caso dos
Recenseadores é flexível, mas há uma expectativa de no mínimo 25 horas semanais.
Todas as etapas do Censo 2022, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão protocolos
sanitários de prevenção à Covid-19. Será obrigatório o uso de máscaras e o distanciamento seguro entre
candidatos e aplicadores de prova. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado.
Ocorre no próximo domingo (20), também com esses cuidados, a prova objetiva de outra seleção do IBGE
ligada ao Censo 2022, para agente censitário de administração e informática (ACAI). Em Santa Catarina,
foram abertas 72 vagas para trabalhar em 49 cidades.

 

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.