FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

São Francisco do Sul recebe premiação nacional de educação

A educação de São Francisco do Sul conquistou mais um importante reconhecimento nacional. A Escola Básica Municipal Ida Beatriz Brunato de Camargo, de São Francisco do Sul, foi uma das grandes vencedoras do Prêmio Liga STEAM, se destacando em primeiro e segundo lugar na premiação, em duas categorias diferentes.

A premiação nacional valoriza e reconhece os esforços de escolas de todo o Brasil no desenvolvimento da abordagem STEAM na sala de aula. STEAM é uma sigla que representa as áreas de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática.

Crianças e educadores de São Francisco do Sul mostraram seu talento e se destacaram entre mais de mil projetos inscritos de todo o Brasil. Os alunos do 7º Ano do Ensino Fundamental da Escola Básica Municipal Ida Beatriz Brunato de Camargo, conquistaram o primeiro lugar na categoria Ensino Fundamental, com o projeto “Dengue, nem sempre o mosquito é o vilão”, conduzido pela educadora Viviane Souza da Silva Gonçalves.

Com a conquista, a escola irá ganhar um Laboratório de Robótica LEGO. “Esse prêmio é mérito dos nossos alunos que trabalharam com empenho, dedicação e determinação ao longo dos últimos meses e que, incentivados por nós professores, conseguiram superar desafios, alcançar seus objetivos e conquistar esse tão sonhado 1° lugar” disse Viviane.

O projeto “Cata Aqui, Limpa O Mar…O Planeta Terra É O Nosso Único Lar”, desenvolvido pela educadora Priscila Cristina Bressanini com alunos do 2º ano do Ensino Fundamental também da escola Ida Beatriz, conquistou o segundo lugar nacional na categoria Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais. O município também foi destaque na Educação Infantil com a apresentação do projeto aplicado em nossa rede sob a coordenação da professora Luana Folda com o tema conscientização dos riscos da toxoplasmose. A professora da educação infantil, Luana, frisa como apoios desse tipo são fundamentais. “Se você estiver fazendo algo grande não poderá fazer sozinho, e se fizer sozinho não será grande!”, disse.

A escola irá receber um prêmio de R$ 10 mil, revertidos na compra de equipamentos e benfeitorias para a escola. “Incentivar os alunos a acreditarem nos seus sonhos e mostrar que com dedicação e força de vontade eles poderão ser o que quiserem no futuro, foi o que motivou as professoras a se dedicarem ao projeto”, destacou Priscila.

A partir do tema “8 bilhões de motivos para mudar o presente: sua contribuição com o planeta começa em sua comunidade”, o Prêmio Liga STEAM de 2023 foi promovido pela Fundação ArcelorMittal e Fundação Banco do Brasil, em parceria com a AVSI Brasil e a Tríade Educacional, com a coordenação da competição realizada pela Tríade Educacional, que reúne alguns dos principais especialistas em STEAM do Brasil.

O secretário municipal de educação, Rodrigo Graf, destacou que essas ações demonstram o potencial da rede municipal de ensino de São Francisco do Sul. “É gratificante ver que o trabalho dos nossos professores e alunos está sendo reconhecido em nível nacional. Essas premiações são um incentivo para que continuemos investindo na educação de qualidade”, afirmou.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *