FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Prefeitura de Araquari inaugura cinco unidades de ensino. Investimento passa de 17 milhões de reais

O crescimento de Araquari reflete no cenário da educação. Em 2019 o município tinha 3.600 alunos matriculados na rede municipal de ensino, hoje são quase 8 mil, mais que o dobro.
Para atender a demanda crescente o município inaugurou cinco espaços entre escolas, CEis e ampliações para acomodar os estudantes. Juntos os investimentos somam R$ 17.838.561,50.

CEI Pequeno Anjo – loteamento Casa Nova, Volta Redonda

O espaço tem área de atividades ao ar livre com 327 metros quadrados, área do
parquinho com 253 metros quadrados, cerca do perímetro e 900 metros
quadrados de estacionamento com paver. O investimento na construção foi
de mais de R$ 2 milhões e a área construída é 597 metros quadrados. São
atendidas no CEI Pequeno Anjo, 168 crianças, do berçário 1 ao Pré 1.

A inauguração aconteceu nesta quarta-feira 03/07.

CEI Professora Andreia Alexandra Borba Venâncio – Cerro Azul

O Centro de Educação Infantil atendia na antiga extensão do Lindolfo. Devido aoi aumento da demanda, um imóvelo foi alugado, o investimento mensal é de R$ 3 mil reais. O CEI atende 34 crianças de 2 a 5 anos, do Maternal, Jardim e Pré.

A inauguração aconteceu nesta quarta-feira 03/07

Quem foi Andreia?

Andreia Alexandra Borba Venâncio trabalhou como agente comunitária na Prefeitura de Araquari em 2003, passou em um concurso público para professora no município em 2011, casada, mãe do Leonardo. Tinha complicações de insuficiência renal, chegou a fazer transplante de rim, mas em 2021 Andreia passou mal em sua casa e precisou ser levada às pressas ao hospital São José, onde foi descoberto um aneurisma, infelizmente ela não resistiu.

CEI Bruno Magalhães – Itinga

A estrutura é nova e possui 778,39 m² de área construída. São 8 salas com metragem de 345,6 m², além de banheiros, refeitório, cozinha, secretaria, direção e sala de professores.
A instituição atende aproximadamente 460 alunos em dois períodos. O investimento doi de R$ 3.661.313,42

Quem foi Bruno Magalhães?

Bruno de Magalhães Antunes nasceu em 1995, é filho de Anizio e Oneide, era o filho caçula da família, que já tinha uma filha, chamada Juliane. Quando tinha 1 ano e 3 meses foi diagnosticado com um câncer (Neuroblastoma, na região das glândulas suprarrenais). Infelizmente, em 2004 Bruno faleceu, aos oito anos de idade.
A inauguração aconteceu nesta sexta-feira, 05/07.

Inauguração Escola Sheila Cristina Tavares – Loteamento Machado – Itinga

A escola foi construída no sistema modular o que garantiu agilidade na entrega, cerca de um ano, no modelo de construção convencional de alvenaria levaria pelo menos três anos para ficar pronta. São mais de 2.700 metros quadrados com 14 salas de aula. A escola conta hoje com 560 crianças matriculadas, mas tem capacidade para abrigar 700. A escola recebeu o investimento de R$ 12.947.000,36 com recursos próprios do município.

Quem foi Sheila Tavares?

A escola leva o nome da professora Sheila Cristina Tavares, servidora da Rede de Educação do Município de Araquari, trabalhou como professora pedagoga das séries iniciais entre os períodos de fevereiro/2003 a abril/2021.
Muito querida por todos, Sheila sofria de doença de insuficiência renal a qual realizava tratamento três vezes na semana, ela faleceu em abril de 2021.

A inauguração aconteceu nesta sexta-feira, 05/07

Ampliação salas modulares da Escola Ponto Alto

A Escola Municipal Ponto Alto tinha três salas, e agora tem 5. Duas estruturas foram construídas com a tecnologia de salas modulares. Nessa unidade de ensino, estudam 114 crianças do 1º ao 5º ano. O investimento foi de R$ 310.737,21.

A inauguração aconteceu nesta sexta-feira, 05/07.

Homenagem para Cauã Floriano de França

A Escola Municipal São Benedito teve o nome alterado para Escola Municipal Cauã Floriano de França, em homenagem a um estudante que faleceu em 2023.

Quem foi Cauã?

Filho de Marlos José de França e Claudia Aparecida Floriano de França e também, era irmão da Maria Tereza Floriano de França. Cauã era um menino alegre, que estudou na rede municipal de ensino.
No final do ano de 2020, aos 12 anos de idade, foi diagnosticado com um
tumor maligno no cérebro. Depois de um uma cirurgia de alto risco e sessões de quimio e radioterapia, venceu a doença sem nenhuma sequela. Em março de 2023, em exames de rotina, a doença retornou na região da coluna lombar, ele não resistiu e morreu em 2023.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *