Petroleiros declaram que não irão se intimidar com decisão do TST