FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Oficina de Produção Cultural, Acessibilidade e Inclusão ocorre nesta quinta-feira (07/04) em Araquari

Ainda é raro assistir a um filme, ir a uma peça de teatro ou a um show e encontrar intérprete
de libras, para pessoas surdas, ou descrição de imagens para pessoas cegas.

A acessibilidade é um direito garantido em lei, mas não cumprida muitas vezes por falta de
conhecimento de como aplicá-la. Na próxima quinta-feira (07/04), artistas, produtores,
agentes e gestores culturais de Araquari terão a oportunidade de participar de uma oficina
sobre acessibilidade para projetos culturais.

A Oficina de Produção Cultural, Acessibilidade e Inclusão será ministrada pela jornalista
e produtora cultural Iraci Seefeldt, uma das fundadoras e coordenadora do Programa de
Formação Cultural Arte para Todos, promovido pelo Instituto de Pesquisa da Arte pelo
Movimento (IMPAR), desde 2012.

O evento será na Fundação Municipal de Cultura de
Araquari (Avenida Nereu Ramos, 431 – Centro), das 14h às 17h, com entrada gratuita e 30
vagas disponíveis.

Para participar é necessário se inscrever pelo link https://bit.ly/3DaXKyj.
“Este projeto é uma oferta de compartilhamento de saberes desenvolvidos ao longo de 10
anos do Programa de Formação Cultural Arte para Todos.

Nas oficinas serão apresentadas práticas e conceitos experimentados em projetos de formação e produção cultural, desenvolvidos dentro de uma perspectiva de ‘aprender a fazer com as pessoas’ e visando
sensibilizar e capacitar as famílias e a sociedade a agir assertivamente na construção da
autonomia e protagonismo das pessoas com deficiência, transtorno mental e outras
características”, destaca Iraci.

O encontro abordará conceitos sobre acessibilidade, diversidade e inclusão social e
também terá espaço para prática de exercícios e roda de conversa sobre dúvidas e
reflexões. Um dos temas da programação é a comunicação acessível. Neste tópico será
explicado como fazer descrições de imagens em postagens de divulgação, audiodescrição
e legendas em vídeos. Cada participante terá acesso a uma apostila com os conteúdos
abordados e ganhará um certificado de participação ao final.

A oficina é baseada nos princípios metodológicos do Programa de Formação Cultural
Arte para Todos. Há 10 anos, o programa utiliza a arte como ferramenta de inclusão e
inserção social de crianças, adolescentes e adultos com deficiência (surdos, cegos, com

deficiência física ou intelectual), transtorno mental e outras características. Nesta década, o
Arte para Todos realizou quase 200 atividades em teatro, dança, música e artes visuais e
impactou diretamente mais de 18 mil pessoas.

Além de Araquari, a oficina já foi realizada em Barra do Sul e irá acontecer também nas
cidades de Itapoá e São Bento do Sul. O projeto foi selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021
e executado com recursos do Governo Federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural,
por meio da Fundação Catarinense de Cultura. Também conta com o apoio da Associação
dos Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) e parceria do IMPAR.

Programação completa de temas da oficina

Apresentação dos princípios metodológicos Arte para Todos;
Produção cultural e acessibilidade: conceitos e práticas;
Diversidade e inclusão social – princípios e direitos;
Acessibilidade em eventos culturais, espetáculos e shows, mostras e exposições,
conteúdos digitais e atividades de formação cultural;
Práticas inclusivas em produção cultural – exercícios;
Comunicação acessível – descrição de imagem para banners, fotos e materiais diversos em
formato imagem; cuidados na utilização de Libras, audiodescrição e legenda em vídeos;
Práticas de descrição da imagem – exercícios;
Percepções e reflexões – roda de conversa.

Sobre Iraci Seefeldt

Iraci Seefeldt é jornalista, artista de teatro e produtora cultural. Foi uma das fundadoras do
Programa de Formação Cultural Arte para Todos, mantido pelo Instituto de Pesquisa da
Arte pelo Movimento (IMPAR), de Joinville, do qual é hoje uma das produtoras e
coordenadoras. Integra os grupos de teatro Arte para Todos, Louco é Pouco, Coletivo Impar
de Teatro e DeMães Teatro Playback. É consultora pela I SEE Gestão Cultural, Inclusão e
Diversidade, pela qual desenvolve consultorias em gestão e produção cultural, mentorias,
palestras e oficinas. É também mentora no Colegiado de Gestores Culturais da Associação
dos Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc).
Serviço:

O quê: Oficina de Produção Cultural, Acessibilidade e Inclusão

Quando: 07/04 (quinta-feira), das 14h às 17h
Onde: Fundação Municipal de Cultura de Araquari (Avenida Nereu Ramos, 431 – Centro)
Inscrições: As inscrições são gratuitas pelo link: https://bit.ly/3DaXKyj
Dúvidas ou outras informações: impar@impar.art.br

Programação nas demais cidades:
09/04/2022 – 9h às 12h – Itapoá – Casa da Cultura (Rua Wellington Rodrigues Junqueira,
S/N – Loteamento Príncipe).
12/04/2022 – 19h às 22h – São Bento do Sul (endereço a definir)

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.