FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

No dia do guarda-vidas, CBMSC reforça a importância da presença nas praias

Todos os anos, no dia 28 de dezembro, comemora-se o Dia do Guarda-Vidas que atua com foco na prevenção de acidentes em ambientes aquáticos e, quando necessário, no salvamento. No dia 16 de dezembro iniciou a etapa de temporada da Operação Veraneio e com ela a ativação de todos os postos de guarda-vidas em Santa Catarina. Ao todo, são 430 postos ativos em 155 praias de 35 municípios catarinenses.

A Operação Veraneio, que é a maior operação do CBMSC, tem como missão reduzir o número de mortes por afogamento e ainda que a operação apareça para o público somente alta temporada de verão, no CBMSC ela é trabalhada constantemente. São realizados treinamentos, cursos e recertificações dos guarda-vidas, sejam eles militares ou civis voluntários, para que todos estejam atualizados e aptos para atuar na operação. Além da aquisição de equipamento e manutenções da frota.

A temporada 2023/2024, conta com a maior mobilização da tropa da história da corporação, com 149 guarda-vidas militar, uma média de 2 mil guarda-vidas civis voluntários e 262 alunos-soldados em estágio supervisionado. Todos estão atuando exclusivamente na Operação. Além de mais de 300 viaturas incluindo aviões, helicópteros, moto aquáticas, quadriciclos e embarcações foram empenhadas para essa operação.

Entre os dias 16 e 24 de dezembro, já foram realizadas 1.142.990 ações preventivas e 221 pessoas foram salvas, ou seja, deixaram de se afogar. Dados como esses reforçam a importância da ação dos guarda-vidas que envolve sinalização nos postos e na faixa de areia, com uso das bandeiras, ronda na faixa de areia, ronda nos costões, abordagem e orientação a excursões que estejam chegando na praia para lazer, prevenção com moto aquática para abordagem e orientação de banhistas que já estejam na água, entrega de pulseirinhas para as famílias que estão com crianças, entre outras ações.

Preparação dos guarda-vidas-civis voluntários

Todo guarda-vida civil voluntário (GVCV), que atua no litoral catarinense durante a Operação Veraneio, passa por curso de certificação e, caso ele já possua o curso, recertificação para que esteja apto a realizar salvamentos em ambientes aquáticos. Todos atuam sob a supervisão dos militares do CBMSC.

Como o foco principal é sempre a prevenção com vistas em reduzir o número de mortes por afogamento em Santa Catarina, os cursos abordam questões importantes sobre a sinalização de praia, orientações para os banhistas, sinais sonoros (apito), entre outros. Já os testes de aptidão física são atualizados rotineiramente, seguindo o padrão internacional de salvamento aquático e proporcionam que o GVCV realize provas que simulam a rotina de trabalho. Ele é capacitado, também, para realizar atendimento pré-hospitalar (APH).

Foto: Marco Favero/Secom

Como saber onde tem posto guarda-vidas ativo

No aplicativo CBMSC Cidadão, que foi desenvolvido para que todas as informações da corporação estejam disponíveis para os cidadãos, há informações para segurança e acessibilidade nas praias catarinenses. No ícone “praias”, é possível visualizar as condições do mar (indicadas pelas das cores das bandeiras de cada posto de guarda-vidas ativo), a incidência de águas-vivas, a balneabilidade da água, presença de ressaca, além dos endereços dos postos de guarda-vidas compartilhável com o seu aplicativo de navegação.

Como curtir a praia em segurança

Além do senso de auto prevenção, o CBMSC alerta para algumas práticas que são fundamentais para a segurança do banhista em um momento de lazer.

  • Ao planejar uma ida à praia, é importante buscar por locais onde há serviços de guarda-vidas.
  • Fique atento à sinalização dos postos, em que bandeira vermelha significa alto risco de afogamento, bandeira amarela, médio risco de afogamento, bandeira verde, baixo risco de afogamento. Há ainda a bandeira lilás, que indica presença de água-viva e a bandeira preta, que indica que aquele posto está desativado.
  • Atenção especial à sinalização na faixa de areia, em que a bandeira vermelha triangular significa que aquele local é perigoso. Normalmente sinaliza, também, que há uma corrente de retorno.
  • Respeito aos avisos e alertas dos guarda-vidas.
  • Caso seja surpreendido por uma corrente de retorno, mantenha a calma e nade paralelamente à praia buscando o banco de areia. Jamais nade contra a corrente, em direção a praia. Peça ajuda sinalizando com os braços.
  • Evite nadar ou mergulhar próximo aos costões.
  • Após uma refeição ou ingestão de bebida alcoólica, não entre na água.
  • Se for queimado por uma água-viva, não esfregue o local e nem utilize água doce para lavar. A indicação é para o uso de vinagre. Nos postos de guarda-vidas as nossas equipes disponibilizam vinagre e poderão avaliar a situação dos casos mais graves.

Santa Catarina é campeã brasileira de Salvamento Aquático Desportivo

No decorrer do ano, os guarda-vidas de todo Estado se reúnem em campeonatos de salvamento aquático que visam manter todos atualizados dos padrões internacionais de salvamento, bem como, prepará-los para campeonatos nacionais e mundiais.

Campeã em 2022 em Torres no Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina sediou entre os dias 9 e 11 de novembro, nos municípios de Itajaí e Itapema, o 22° Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático Desportivo (Sobrasa Rescue 2023).

A delegação catarinense, com mais de 90 integrantes, foi formada a partir de dois campeonatos catarinenses: de praia em maio em Itapema e de piscina em setembro em Lages. Além de seletivas estaduais, abertas ao número aproximado de 2.000 guarda-vidas militares e civis. Titulação que destaca a qualidade e treinamento das equipes que atuam com salvamento aquático no CBMSC.

Em fevereiro deste ano, o CBMSC representou o estado no campeonato Elite 2023 de Lifesaving ou Salvamento Aquático Desportivo, em Matinhos, no Paraná. Essa foi a primeira vez que uma delegação catarinense participou deste campeonato e o CBMSC se destacou positivamente com a conquista de 48 medalhas, na sua maioria de primeiro lugar.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *