Não é só uma piadinha, por Keit Krelling (psicóloga)