FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Mulheres empreendedoras são tema de terceira exposição de projeto que promove visita a museu

A história de sucesso de 20 mulheres empreendedoras, sendo três de Santa Catarina (e, entre estas, uma de Joinville), é o tema da terceira exposição do projeto Legado na Comunidade: Programa Arte e Jovens nos Museus, que incentiva crianças e adolescentes a frequentarem museus. A mostra “Empreendedoras do Século” já está disponível para visitação no site www.ntics.com.br/arteejovensnosmuseusO acesso é gratuito.

No dia 6 de abril, às 10h, estudantes de 11 a 17 anos poderão participar de visitas guiadas por um arte-educador para conhecer a exposição que terá como cenário o Museu de Arte da cidade (MAJ). O objetivo é que os estudantes e todas as pessoas que acessarem a exposição possam sentir a experiência de visitar um museu, ainda que de forma virtual.

Realizado pela Sustentabilidade e Cultura Produções, em parceria com a NTICS Projetos e patrocinado pela Whirlpool Corporation, detentora das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid e, ainda, com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Joinville, a iniciativa pretende democratizar o acesso a programas culturais e incentivar as visitas presenciais a museus da cidade, especialmente após o período de isolamento social ocasionado pela pandemia da Covid-19.

Para quem tem interesse em ver como funciona o programa, está no ar, no site do projeto, a primeira exposição “Habilidades do Futuro – A coragem de ser quem somos”, que faz um passeio pelas competências e aptidões mais demandadas em um futuro próximo, mais moderno e tecnológico. A segunda exposição, “Fotógrafos da Natureza”, também está disponível e pode ser apreciada pelo público. Na terceira mostra, será contada uma pouco da história da empreendedora de Joinville Andréa de Azevedo Balthazar, além de outras duas catarinenses, Márcia Tozo (de Tubarão) e Sônia Hess (de Luiz Alves), que mudaram suas trajetórias de vidas por meio do empreendedorismo.

Cada exposição terá duração de dois meses. Após esse período, como legado para a comunidade local, a mostra continuará no ar e poderá ser acessada por toda a população. A expectativa é atender duas mil pessoas em Joinville. Além da exposição, os visitantes podem acessar cinco documentários que tratam de temáticas sobre infância e equidade. O projeto também será apresentado nas cidades de Manaus (AM) e Rio Claro (SP), onde a Whirlpool possui unidades fabris.

No fechamento do Projeto, será realizada também uma exposição física com fotografias que contemplarão obras de artistas locais de cada cidade participante, como forma de valorizar e fortalecer a arte e a cultura regionais. A exposição ocorre nos meses de junho e julho em cada uma das três cidades.

“Faz parte da agenda da Whirlpool apoiar iniciativas sociais e experiências culturais, que fomentem o empreendedorismo e que atuem de forma inclusiva. É a primeira vez que patrocinamos um projeto que fomenta visitas aos museus locais e ao mesmo tempo promove a conexão entre arte e temas fundamentais para o desenvolvimento da sociedade. Estamos ansiosos com o impacto dele nas comunidades locais “, comenta Eduardo Vasconcelos, diretor de Relações Institucionais da Whirlpool.

O projeto foi idealizado para atender a metas de quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). São eles:  Educação de Qualidade (ODS 4), Igualdade de Gênero (ODS 5), Redução das Desigualdades (ODS 10) e Ação contra a mudança global do clima (ODS 13). Os ODS foram criados pela Organização das Nações Unidas em acordo com seus países-membros e dispõe sobre planos e ações para promover o desenvolvimento sustentável em todo mundo até o ano de 2030.

“Acreditamos que a arte tem papel fundamental na valorização do patrimônio cultural local e no desenvolvimento da economia criativa. Infelizmente, o acesso a produtos culturais, como exposições em museus, por exemplo, ainda está longe da realidade da maior parte da população. Por isso, pensamos neste projeto como um meio para democratizar esse acesso e mostrar que a arte deve estar a serviço da sociedade e do seu desenvolvimento”, explica a diretora de Inovação e ESG da NTICS Projetos, Ana Carolina Xavier.

Serviço

O quê: Legado na Comunidade: Programa Arte e Jovens nos Museus

Quando: de 9 de dezembro de 2021 a 31 de maio de 2022.

Visita Guiada da 3ª Exposição: 6 de abril, às 10h.

Para quem: Estudantes de 11 a 17 anos da rede pública de ensino de Joinville (SC).

Inscrições gratuitas e mais informações: site

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.