FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Letícia Oro Melo é ouro nos Jogos Sul-americanos

Joinvilense confirmou a boa fase no salto distância e acumulou a terceira grande conquista nesta temporada

A joinvilense Letícia Oro Melo não para de fazer história no atletismo brasileiro. Na noite desta quinta-feira, 13, em Assunção (Paraguai), a atleta do Time UniSociesc voltou a brilhar e conquistou a medalha de ouro na disputa do salto em distância dos Jogos Sul-americanos.

Terceira colocada no Mundial de Eugene (EUA), a estudante de Nutrição confirmou o favoritismo e a ótima fase na carreira. A medalha dourada nos Jogos Sul-americanos veio debaixo de muita chuva, logo no primeiro salto, quando a joinvilense alcançou a marca de 6,64m.

Letícia teve ainda outros três saltos, mas eles nem foram necessários para confirmar o lugar mais alto do pódio. No segundo, acabou queimando (e desistindo). No terceiro, alcançou a marca de 6,46m. No quarto, fez 6,34m. Ela poderia fazer o quinto salto, mas abriu mão por já ter confirmado a medalha de ouro.

Esta foi a terceira competição de Letícia Oro Melo na temporada. Antes, a atleta do Time UniSociesc venceu o Troféu Brasil e havia alcançado a histórica terceira colocação no Mundial de Atletismo. Os resultados expressivos confirmam a plena recuperação da jovem de 25 anos, que voltou competir no segundo semestre de 2022 depois de ter sido submetida à uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Letícia representa o Time UniSociesc e faz parte do Programa Bolsa-Atleta. O Bolsa-Atleta é o programa de incentivo ao estudo concedido pela UniSociesc a atletas participantes de competição promovida por alguma associação, confederação e/ou federação esportiva.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *