FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Feira Direto do Campo ocorre neste sábado, na Ceasa, em Joinville

Neste sábado, 18, das 9h às 17h, a Ceasa de Joinville (rua dos Bororós, 2415 – Distrito Industrial) recebe mais uma edição da Feira Direto do Campo. O evento é realizado pela Prefeitura de Joinville, por meio da Unidade de Desenvolvimento Rural (UDR) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SDE).

Já consagrada pelo público, a Feira Direto do Campo tem como objetivos valorizar a importância da agricultura familiar, e promover a conexão entre o agricultor e o consumidor final que tem acesso a produtos fresquinhos e com preços diferenciados.

Nesta edição, o evento terá ainda mais opções de produtos de diversos tipos, com a participação de 36 expositores vindos de Joinville e municípios da região, tais como Araquari, Campo Alegre, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Guaramirim e Bela Vista do Toldo.

A variedade de itens que o público vai encontrar inclui mudas de árvores frutíferas e plantas ornamentais, incluindo espécies exóticas; produtos hortifruti direto dos produtores da agricultura familiar; produtos da agroindústria com opções de produtos minimamente processados; delícias coloniais; feira de artesanato da Economia Solidária; e feira de adoção de animais.

Mudas frutíferas e ornamentais

Consideradas o destaque da Feira Direto do Campo, as mudas de árvores frutíferas, nativas e plantas ornamentais serão oferecidas em grande variedade de espécies, com a comercialização de cerca de 10 mil mudas.

As plantas já têm a altura ideal para quem tem interesse em cultivar ou incrementar o pomar, haverá diversas opções de frutíferas, com diferentes tipos de laranjas, limões, tangerinas, pêssegos e peras enxertadas. Também haverá espécies como cereja, figos, fisális, framboesa, gabiroba, goiabas, entre outros.

Entre as nativas, as mudas de árvores próprias para sombras, como a canelinha, aroeira, araçá vermelho e amarelo, estão entre as opções que poderão ser adquiridas na feira.

Já na categoria de plantas exóticas, alguns dos destaques serão a palmeira real e o palmito híbrido, obtido por meio do cruzamento das espécies Juçara a açaí. O público vai encontrar, também, o bacupari boliviano, a cherimoia, o cambucá, a maçã de elefante, além de árvore de fogo, curry, goiaba roxa, figo da índia, entre outros.

As plantas ornamentais também ganham reforço nesta edição da feira com novos expositores. Com mais de 50 opções de plantas para ambientes internos e externos, haverá desde suculentas até as consagradas orquídeas, antúrios e rosas do deserto. Entre as rosas, serão 15 tonalidades de cor que variam das tradicionais vermelhas, brancas e champagne, até as exóticas azul prateado, príncipe negro, amarela e bordô mescladas.

Hortifrutis e agroindústria

O público vai encontrar junto aos oito expositores diversas opções de frutas, verduras e legumes fresquinhos. Haverá, também, produtos orgânicos e hidropônicos, além do pinhão que está no período de safra.

Para quem não abre mão das delícias naturais e busca praticidade, vegetais minimamente processados como kit de sopa, legumes como batata-salsa e cenoura são opções ideais e também poderão ser encontrados na Feira Direto do Campo.

Também entre os produtos da agroindústria, haverá doces, geleias, massas congeladas e delícias derivadas da banana, como bala, banana-passa e doces, além da parte de panificação e biscoitos.

Gastronomia e artesanato

Os produtores da Associação Joinvillense de Agroindústrias Artesanais Rurais (AJAAR) também estarão presentes na Feira Direto do Campo com diversificada linha de produtos coloniais.

Os visitantes também poderão aproveitar a feira para saborear um café acompanhado de bolos, cucas e tortas com sabor da colônia, ou o tradicional pastel com caldo de cana.

Também está confirmada a participação dos empreendedores da Feira de Artesanatos e Manualidades da Economia Solidária da SDE, com produtos variados que vão desde decoração, bordados, laços e acessórios infantil, bijuterias, tricô e crochê, até arte em madeira, vestuário, moda pet, bolsas, bonecas, chinelos, entre outros.

Adoção de animais

A Feira Direto do Campo também será oportunidade para quem deseja encontrar um novo amigo de quatro patas, com a feira de adoção do Centro de Bem-Estar Animal (CBEA) da Prefeitura de Joinville.

Para o evento estarão disponíveis cães de médio e grande porte, sociáveis com humanos e ideais para viver em locais com espaços abertos, desde que possuam muro e cercado que impeçam o acesso à rua. Os animais que estarão na feira de adoção são vacinados, castrados e microchipados.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *