FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Educação de Jovens e Adultos tem matrículas abertas e nova proposta com mais flexibilidade em Joinville

A Secretaria de Educação lança neste ano uma nova proposta para a Educação de Jovens e Adultos, em um modelo que potencializa a EJA 4.0 e fortalece a qualificação dos alunos, com a oferta de cursos profissionalizantes para todos os estudantes da modalidade. As matrículas estão abertas até 23 de fevereiro para quem não concluiu o Ensino Fundamental.

Na nova proposta, os alunos que não tiverem disponibilidade de estudar presencialmente todos os dias da semana poderão optar pela modalidade oferecida nas escolas Dom Jaime de Barros Câmara e Laura Andrade. Neste caso, são dois dias de aulas presenciais e três dias com carga horária flexível. Nas demais unidades, as aulas presenciais ocorrerão em quatro dias da semana e um dia com carga horária flexível.

“O novo modelo traz mais flexibilidade para o currículo, o que é muito importante para adultos que têm seus trabalhos, famílias e obrigações, além de ter o diferencial da integração com a formação profissional. A ideia é que o estudante consiga obter a escolaridade, mas também já saia da escola com qualificação profissional”, explica o secretário de Educação, Diego Calegari.

A oferta de curso profissionalizante será nos dias de carga flexível, ocorrendo em instituições parceiras, com disponibilização de vale-transporte ao aluno. As opções para qualificação profissional são nas áreas administrativa, industrial, tecnológica e têxtil.

“Nós buscamos as empresas para nos apoiar e para entendermos quais são suas demandas. Com isso, conseguimos formatar as capacitações para aquilo que será demandado no mercado de trabalho, garantindo a empregabilidade dos alunos para que possam ter novas oportunidades”, acrescenta Calegari.

Para quem não tiver disponibilidade para fazer o curso profissionalizante, a EJA 4.0 ainda ofertará a opção do aluno realizar projetos de pesquisa, empreendedorismo ou na área de tecnologia.

Como fazer a matrícula

Os interessados em realizar a matrícula deverão procurar a unidade em que pretendem cursar a EJA até 23 de fevereiro. Os documentos necessários estão disponíveis no site da Prefeitura de Joinville. As aulas começam em 7 de fevereiro.

A EJA atende alunos a partir de 15 anos que estejam em qualquer nível de aprendizagem e não completaram o Ensino Fundamental, sendo realizada em sete escolas pólo distribuídas pela cidade: Adolfo Bartsch (Pirabeiraba), Dom Jaime de Barros Câmara (Comasa), Joaquim Félix Moreira (Paranaguamirim), Escola de Jovens e Adultos (Itaum), Laura Andrade (Jardim Iririú), Rosa Berezoski (Jardim Paraíso) e Valentim João da Rocha (Vila Nova).

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *