FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Concursos de Decoração de Natal premiam vencedores em Joinville

A premiação dos concursos do Natal de Joinville foi na sexta-feira, 15, no Palco Cultural da Travessa Dr. Norberto Bachmann, no Centro. Comerciantes, moradores e artesãos de Joinville foram premiados nos concursos de Vitrines e Fachadas Comerciais, Fachadas Residenciais e Presépios.

O Concurso de Vitrines e Fachadas é realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Joinville, em parceria com o Instituto Natal Joinville.

Participaram comerciantes com lojas com vitrines de até 7 metros, vitrines com mais de 7 metros e fachadas de qualquer tamanho. Também teve uma premiação na categoria Especial Fachadas ou Vitrines de qualquer tamanho para empresas que comercializam produtos de decoração natalina e iluminação.

Já os concursos de Fachada Residencial e de Presépios são promovidos pelo Instituto de Natal Joinville, com apoio da Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

O concurso Fachada Residencial tem por objetivo incentivar e valorizar as decorações de Natal feitas pelos joinvilenses em áreas externas de casas, escolhendo a mais bela decoração.

As fachadas foram avaliadas por uma comissão que considerou harmonia, recursos natalinos, criatividade, impacto visual diurno e noturno e dimensão da decoração. Foram, no total, 17 inscritos.

“Os concursos de decoração natalina vêm para estimular a participação do joinvilense, da comunidade. Esse envolvimento com os participantes beneficia a todos no entorno. Esse é um momento de confraternização, de colaboração, de criatividade e de celebrar o nascimento de Jesus. Por meio desses concursos, a gente fortalece essas tradições do Natal”, diz Francine Olsen, diretora executiva da Secretaria de Cultura e Turismo.

A ganhadora do concurso Fachada Residencial foi Lucimara Hardt dos Santos, moradora do Rio Bonito, que conquistou o primeiro lugar pelo terceiro ano consecutivo. Ela contou com a ajuda do esposo Osnildo dos Santos, do filho Cristian e da nora Djenifer.

“A gente ficou pensando no que poderia fazer de diferente e surgiu a ideia de fazer o Parque Encantado dos Papais Noéis. A roda gigante é toda feita de cano de PVC, tem mais de 2 metros de altura, ela roda, tem iluminação. Tem também um gira-gira, um escorregador e um trapézio. A gente renovou tudo esse ano, se esforçou muito para ganhar, mas eu achava que talvez não ganhasse. A gente enfeita porque gosta, fazemos isso há 15 anos”, conta Lucimara.

Na modalidade Presépio, foram 8 inscritos que estão expostos no primeiro piso do Centreventos Cau Hansen. A artesã Silvia Monica Stutzer ganhou o primeiro lugar com uma espécie de planta catarinense.

“Fiz em etapas, trabalhei durante uma semana. Faço parte do projeto de resgate da folha do butiá catarinense. É uma forma de preservar o butiá que é de Santa Catarina”, diz Silvia.

Confira os vencedores

Concurso de Presépios

1° lugar – Silvia Monica Stutzer (R$2 mil)
2° lugar – Roberta de Oliveira Zmovirzynski (R$1,5 mil)
3° lugar – Alexandra Rosa da Silva (R$1 mil)

Concurso Fachada Residencial

1° lugar – Lucimara Hardt dos Santos (R$5 mil)
2° lugar – Marcolino Bento Belarmino (R$3 mil)
3° lugar – Daniel Felipe Rocha Hansson (R$2 mil)

Concurso de Fachadas e Vitrines Comerciais

Fachadas de qualquer tamanho
1° lugar – Fotorama (R$3,5 mil)
2° lugar – Lanchonete Rio da Prata (R$2,5 mil)

Vitrines de até 7 metros
1° lugar – Selecto Locações (R$3,5 mil)
2° lugar – Turma da Cuca Moda Infantil (R$2,5 mil)

Vitrines acima de 7 metros
1° lugar – Espaço Nobre Casa (R$3,5 mil)
2° lugar – Loja da Bia Brinquedos Educativos (R$2,5 mil)

Fachadas ou Vitrines de empresas que vendem produtos de decoração natalina e iluminação
Especial – Munique Decorações (R$2,5 mil)

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *