FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

CAPS de Guaramirim tem programação especial para valorização à vida

Prevenção do suicídio é tema do mês

Setembro é o mês dedicado à conscientização sobre a importância da saúde mental, à disseminação de informações de apoio e de prevenção ao suicidio. Segundo dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, a OMS estima que no Brasil acontecem cerca de 14 mil casos por ano, ou seja, a cada 24h, aproximadamente 38 pessoas tiram suas próprias vidas no país.  Entre 2010 e 2019, calcula-se que o Brasil tenha registrado em torno de 112.230 mil mortes por suicídio. Com a dificuldade de se chegar a um número exato, principalmente devido à subnotificação, é possível que mais de um milhão de pessoas morram todos os anos no mundo devido a atentados contra suas próprias vidas.

Para reforçar a importância do tema, o Centro de Atenção Psicossocial de Guaramirim contará com programação especial no mês de setembro. A programação inclui o desenvolvimento de atividades especiais com foco na prevenção ao suicídio através de hábitos e cuidados com a saúde mental no cotidiano.

O tema “Saúde Mental Se Faz com Várias Mãos” estará presente nas atividades já realizadas semanalmente com os pacientes e a comunidade que frequenta o CAPS. Além disso, também será realizada ação de panfletagem e distribuição de banners no semáforo da Rua 28 de agosto com a presença da equipe e pacientes do CAPS. O objetivo é  atuar ativamente na conscientização da importância da vida e ajudar na prevenção ao suicídio, tema que ainda é visto como tabu.

Já no dia 25 de setembro, será realizada roda de conversa com a presença de profissionais que integram a rede de saúde mental do município em conjunto com a equipe do Hospital Santo Antônio.

As ações vão contar com o apoio do CVV (Centro de Valorização da Vida) de Jaraguá do Sul, por meio dos materiais de divulgação do tema e participação de membros nas atividades.

Como ajudar e como procurar ajuda

Em Guaramirim, a porta de entrada para o tratamento em saúde mental se dá nas Unidades de Saúde do município. O paciente procura a Unidade e é atendido pelo Clínico Geral que, após a avaliação, inicia o tratamento ou encaminha para o CAPS. Em caso de emergência, a orientação é buscar atendimento no Pronto Socorro do Hospital Santo Antônio. Há ainda o contato do Centro de Valorização à Vida (CVV), pelo telefone 188. O número funciona 24h por dia, todos os dias da semana.

Para mais informações e orientações sobre serviços voltados à saúde mental e à prevenção do suicídio, a população pode entrar em contato diretamente com o CAPS, pelo (47) 3163-1889 ou (47) 3376-2526 (WhatsApp). O endereço da unidade é Rua Victor Bramorski, 208.

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *