FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

Bombeiros Voluntários de Joinville foram eleitos a melhor ONG de Santa Catarina 

Os Bombeiros Voluntários de Joinville foram eleitos a melhor organização não governamental de Santa Catarina, de acordo com o Instituto O Mundo que Queremos e o Instituto Doar, pelo terceiro ano consecutivo. A cerimônia de premiação ocorreu nesta quinta (7 de dezembro) no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. A corporação foi representada pelo vice-presidente e diretor financeiro, José Carlos Meinert, e pelo subcomandante dos voluntários, Clailton dos Santos. 

A entidade joinvilense também foi reconhecida entre as 100 melhores organizações brasileiras do terceiro setor pela quarta vez. Além dos Bombeiros Voluntários de Joinville, outras duas entidades de Santa Catarina estão entre as Melhores Ongs de 2023, segundo o Instituto Doar: o Bairro da Juventude, de Criciúma, e o Centro de Educação Popular, de Florianópolis (veja as melhores no site premiomelhores.org ).  Prêmio tem o patrocínio da Ambev VOA e apoio do Instituto Humanize, Prosas e Toyota do Brasil. O Instituto também premia as melhores ONGs de pequeno porte e por causas. 

O vice-presidente e diretor financeiro, José Carlos Meinert, falou da satisfação para a entidade receber o reconhecimento do prêmio instituído pelo Instituto Doar, que destaca os Bombeiros Voluntários num universo de 815.676 organizações não governamentais constituídas no país, segundo estudo da Fundação Armando Alvares Penteado publicado em agosto deste ano. “Obter este reconhecimento, entre tantas causas, é uma jornada de desafios. É um orgulho para nós, Joinville  e para Santa Catarina”, disse. “O evento é como um OSCAR das ONGs.” 

Meinert destacou, ainda, que os Bombeiros Voluntários de Joinville, com seus 131 anos de histórias, mantém desafios constantes de atualização e citou os mais relevantes: na vertical de ensino,a reformulação o Programa Bombeiro Mirim; a escola cívico bombeiril em parceria com a Secretaria Municipal de Educação; no âmbito cultural, a reformulação e ampliação do Museu Nacional dos Bombeiros Voluntários e Polo de Produção Musical; e, no operacional, a atualização dos equipamentos de frota de veículos; além da ampliação e reformulação do Centro de Ensino e instrução. “Não participamos de uma corrida de 100 metros. Toda vez que entramos num processo de melhoria de processos, nos preparamos para uma ultramaratona”, comparou. 

As 10 melhores de pequeno porte 

  1. Associação Nariz Solidário 
  2. Associação Terceira Via 
  3. Centro Cidadania – Ação e Educação Socioambiental 
  4. FreeHelper Soluções Sociais 
  5. Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação (IBCE) 
  6. Instituto Bold 
  7. Instituto Social Agatha 
  8. ONG Luz de Sophia 
  9. Associação Casa Arte Vida Assistência Social 
  10. Soul Bilíngue 

  Melhores por causa 

  1. Assistência Social: Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitários (AFESU) 
  2. Cultura: Fundação Observatório do Livro e da Leitura 
  3. Desenvolvimento Local: Instituto Novo Sertão 
  4. Direitos Humanos: Plan International Brasil 
  5. Educação: Associação Vagalume 
  6. Esporte: Fundação Esportiva Educacional Pró Criança e Adolescente (EPROCAD) 
  7. Filantropia, voluntariado e apoio à sociedade: Associação Junior Achievement do Rio de Janeiro 
  8. Geração de renda: Associação Aliança Empreendedora 
  9. Meio Ambiente: Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM) 
  10. Saúde: Instituto do Câncer Infantil 

  Melhores por Estado 

  1. Alagoas: Instituto Mandaver 
  2. Amapá: Associação Cidadania Social e Sustentabilidade (ACSSUS) 
  3. Bahia: Instituto Para Um Mundo Melhor (IMMEL) 
  4. Ceará: Instituto Povo do Mar (IPOM) 
  5. Distrito Federal: ABRACE 
  6. Espírito Santo: Instituto Ponte 
  7. Maranhão: Plan International Brasil 
  8. Minas Gerais: Providens – Ação Social Arquidiocesana 
  9. Mato Grosso: Associação Varzeagrandense Madre Tereza de Calcutá 
  10. Mato Grosso do Sul: Instituto Moinho Cultural Sul-Americano 
  11. Pará: Projeto Saúde & Alegria (CEAPS) 
  12. Paraíba: Associação Cultural Pisada do Sertão 
  13. Pernambuco: Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) 
  14. Piauí: Amare 
  15. Paraná: União dos Escoteiros do Brasil 
  16. Rio De Janeiro: Agência do Bem 
  17. Rio Grande Do Sul: Casa do Menino Jesus de Praga 
  18. Santa Catarina: Bombeiros Voluntários de Joinville 
  19. São Paulo: Instituto Verdescola 

O Prêmio – O Prêmio Melhores ONGs é realizado pelo Instituto O Mundo que Queremos, pelo Instituto Doar e é um dos eventos mais esperados do ano pelo terceiro setor. Desde 2017, reconhece o trabalho fundamental prestado pelas instituições não-governamentais no Brasil e também funciona como um farol para orientar doações. Além disso, incentiva boas práticas, contribuindo também para a melhoria na gestão de todas as participantes e para o fortalecimento do setor social como um todo. 

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *