FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato

   jornalismo@folhametropolitana.com

Banda dos Bombeiros abre inscrições para quem quer estudar música

O Polo de Produção Musical – Banda dos Bombeiros Voluntários de Joinville retoma o projeto de ampliar a oferta de estudos musicais para interessados em futuramente ingressar no projeto de música da corporação.

De 1 a 4 de março estarão abertas as inscrições para crianças e adolescentes, a partir de 10 de idade, exclusivamente online no site da entidade (www.cbvj.org.br – aba BANDA). As aulas serão ministradas em local no bairro Boa Vista (ainda a ser definido) e na Unidade Central dos bombeiros (rua Jaguaruna, 13), uma vez por semana em turmas de manhã e à tarde. É tudo de graça.

Serão ofertadas 60 vagas, sendo 30 em cada polo de ensino em dois períodos: 20 no turno matutino, das 8h30 às 10h30, e 40 no período vespertino, das 14h às 16h.

Caso haja mais inscritos que o número de vagas ofertadas, os instrutores da Banda dos Bombeiros farão teste seletivo entre os candidatos nos dias 14 e 15 de março das 9h às 11h e das 14h às 16h na Unidade Central dos Bombeiros. O projeto de estudos musicais foi viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), com recursos captados junto a Hapvida Saúde e Odontologia e Selbetti.

O Polo de Produção precisou adiar por dois anos o início das aulas desse projeto por causa da pandemia do coronavírus que causa a Covid-19. Agora, com a ampla vacinação e a volta da aulas presenciais na rede tradicional de ensino, a corporação tem condições de incentivar uma nova geração de instrumentistas para futuramente compor os grupos musicais dos Bombeiros Voluntários.

“É gratificante ter novamente alunos para futuramente renovarmos e até expandirmos a Banda Sinfônica porque a cultura sempre fez parte da corporação”, diz o diretor executivo da Associação Corpo de Bombeiros Voluntários, Matheus Cadorin.

“As ações socioeducativas, por meio do Programa Bombeiro Mirim, e culturais, por intermédio do Polo de Produção Musical, são responsabilidades que a corporação tem com a comunidade, além da proteção da vida e patrimônio. É mais uma entrega que fazemos com muito orgulho.”

Folha

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.