FOLHA METROPOLITANA Jornal diário de Joinville e Araquari

Quem SomosAnuncieContato /     Publicações Legais

   jornalismo@folhametropolitana.com

45º Copão Kurt Meinert Masculino estreia com gols e homenagem ao jornalismo esportivo joinvilense

Os fãs do futebol amador de Joinville voltaram a vibrar na tarde sábado, 8, com a estreia da 45ª edição do Copão Kurt Meinert Masculino, uma das maiores e mais tradicionais competições da modalidade.

Neste ano, o campeonato tem a participação de 54 equipes. De acordo com o secretário de Esportes de Joinville, Douglas Steffen, o futebol é uma das quase 60 modalidades oferecidas pela Prefeitura de Joinville e o Copão Kurt Meinert representa um dos principais espaços para a prática do futebol amador.

“Joinville é referência no esporte amador e isso é representado no Copão Kurt Meinert. Neste ano, o que se espera é a rivalidade em campo buscando a competição, mas de forma sadia, com disciplina e respeito, porque gostamos e cuidamos de pessoas, e o esporte é feito de pessoas”, declara o secretário.

A partida de abertura do 45º Copão Kurt Meinert foi disputada no campo do América Futebol Clube. O Nordeste Esporte Clube, campeão do Copão 2023, venceu o Clube Atlético Panambi por 3 a 0.

O técnico do Nordeste Esporte Clube, Sandroval da Silva, afirma que a expectativa é repetir o mesmo desempenho de 2023. Para tanto, a equipe se preparou de diferentes formas ao longo do ano.

“Cuidamos do psicológico e também participamos de diversos amistosos e campeonatos alternativos para manter o time firme e em ritmo de competitividade”, afirma.

Sobre a representatividade do Copão, Silva avalia: “A história do Copão Kurt Meinert mostra a grandiosidade da competição para o esporte, para a família e para os amantes de futebol. É um campeonato democrático e apreciado por todos”.

A importância da competição é reforçada pelo técnico do Clube Atlético Panambi, Luiz Carlos Ferreira: “Como apaixonado pelo esporte, não tem coisa mais gratificante do que ver um campeonato amador com tantas equipes participando”.

As informações completas do 45º Copão Kurt Meinert Masculino, incluindo a programação dos jogos do campeonato, estão disponíveis no site da prefeitura de Joinville (bit.ly/45CopaoKurtMeinert).

Homenagem ao jornalismo esportivo

Além dos gols que agitaram as torcidas, a abertura do 45º Copão Kurt Meinert Masculino homenageou o jornalista Roberto Dias Borba, profissional reconhecido no meio esportivo de Joinville.

Prestes a completar 50 anos de profissão, Roberto Dias Borba celebra a homenagem recebida pelo evento que acompanha desde a sua terceira edição.

“Estou honrado e é uma satisfação imensa ser lembrado. Quem sempre correu atrás da notícia, nunca quis ser notícia, mas hoje não posso evitar de ser a notícia do 45º Copão Kurt Meinert. Desejo que essas 54 equipes entrem na disputa com espírito voltado ao lazer. O esporte que eu conheço desde garoto é integração e socialização”, declara Borba.

Foi no Glória Futebol Clube, time do bairro onde o joinvilense nasceu e cresceu, que Roberto Dias Borba, ainda criança, aprendeu muitas coisas, conheceu pessoas da comunidade, inclusive futuros colegas de profissão como Nerval Pereira, com quem anos mais tarde trabalhou no jornal A Notícia.

Assim como a escrita, habilidade que passou a ser desenvolvida por Borba na adolescência, a vocação para o jornalismo esportivo foi revelada ao longo de sua trajetória profissional.

“O esporte nos primeiros anos não fazia parte do que eu queria no jornalismo. Mas depois, com as oportunidades que tive com o saudoso Jorge Silva (no jornal A Notícia), apresentei proposta para que o jornal tivesse seguidamente um espaço para o esporte amador. E dali para frente fizemos várias investidas para que o esporte tivesse valorização”, relembra.

Roberto Dias Borba estreou no jornalismo no extinto Jornal de Joinville, incentivado pelo veterano jornalista Toninho Neves.

No meio impresso, atuou no jornal A Notícia e foi colunista do caderno regional DC Norte, encartado na edição do jornal Diário Catarinense. No início dos anos de 1990, ingressou no jornalismo corporativo por intermédio de agências de comunicação que produziam jornais de empresas da cidade.

No rádio, atuou nas emissoras Difusora AM 1480 e na AM 1590 à época em que usava a bandeira da Rádio Globo.

Já na televisão, comentou jogos de futebol na RBS TV entre os anos de 1995 e 1996 e, também, na TV da Cidade, em canal fechado.

A paixão pela escrita, hoje tão distante das impressões a chumbo, continua viva em Roberto Dias Borba que, atualmente, utiliza as redes sociais para postar suas crônicas. Os textos estarão reunidos no livro Glorias’s do Menino Jornalista e relatam fatos marcantes da sua vida e trajetória no jornalismo joinvilense e catarinense.

Roberto Dias Borba é casado com Vilma Ramos Borba. É pai de Ubiratan, Paulo César e Rubens, e avô de quatro netos, Henrique, Joaquim, Guilherme e João.

Receba notícias em seu celular pelo grupo de WhatsApp do jornal Folha Metropolitana Curta nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram

Folha Metropolitana

A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida… Oscar Wilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *